Search your favorite song for free

1. 24 Horas (Part. Galldino)

24 Horas (Part. Galldino)

24 HORAS (Letra e Música: Wilson Sideral) Às 6 da manhã, você acorda ou vai dormir? 7 horas, no Brasil, um beijo, meu amor! 8 da manhã, tudo parado, um som no rádio... Às 9, o chefe chega, (ih!) lembrei (de) você, pela primeira vez, Às 10 da manhã, faço mil planos, tenho sonhos Às 11, a primeira morte e o sangue escorre na TV! Ao meio dia, a barriga tá vazia e tem gente acordando... À uma da tarde, o centro explode e eu almoço Às duas, meu primeiro não, lembrei você, mais uma vez! São 3 horas, e eu tô atrasado, mas nem sei por que, nem por quem... Quatro da tarde, tudo vai dar certo Às 5, eu me estresso, (ah!) eu queria tanto que desse certo! Às 6 da tarde, eu deixo tudo pra amanhã... 7 da noite, e eu parado, ouvindo o rádio, "A Voz do Brasil”... Às 20, mais um crime, e eu queria ver você! 9 da noite, finalmente chego... Você já dormiu! São 10 horas de uma noite que só tá começando, Às 23, um som espanca, e a insônia vem me dar beijos de boa-noite... À meia noite, uma cidade acorda e outra se deita... Uma da 'matina', e na esquina, a matilha, faminta!! Duas da manhã, será sonho ou delírio? Às 3, um acidente feio, gente que não tem freio! 4 da manhã, cheiro de óleo, álcool e sangue, e um silêncio... 5 da 'matina', tenho que ir, levanto cedo... Às 6 da manhã, você acorda ou vai dormir?... Bateria e pandeiro: Samuel Fraga. Teclados: Bruno Cardozo. Violino e 'risada': Participação especial de Galldino. Voz, baixo, guitarra e violão: Wilson Sideral.

nothing at of , which is


2. Foi Preciso Você

Foi Preciso Você

FOI PRECISO VOCÊ (Letra e Música: Wilson Sideral) Estava à beira do paraíso Mas não queria entrar Estava quase no céu E insistia em ficar Estava quase voando Mas me esqueci de andar Foi preciso você chegar Pra me ensinar Tava tão perto da cura Mas preferia a cama Estava tão incerto de tudo E preferia a dúvida Foi preciso você chegar Pra me abrir os olhos Era preciso o seu olhar... Foi preciso você chegar Você com o seu olhar Foi preciso você chegar Só você pra me animar Estava a um passo do amor E me sentia só Estava bem do meu lado E eu só dizendo adeus Eu ia embora sozinho Pro meu mundinho vazio Foi preciso você voltar E falar o que eu queria Estava em frente a mim mesmo E não reconhecia Estava pronto pra entrar Mas, outra vez, fiquei de fora Foi preciso você Me empurrar pra dentro Foi tão lindo você chegar... Foi preciso você chegar Você com o seu olhar Foi preciso você chegar Só você pra me ensinar... Que a solução pra tudo É não se preocupar Quem complica o mundo É a gente mesmo, amor Porque a cura pra tudo É não sofrer demais Foi preciso você chegar... Foi preciso você chegar Você com o seu olhar Foi preciso você chegar Só você pra me animar... A solução pra tudo É não se preocupar Quem complica o mundo Deixa a vida passar Porque a cura pra tudo É não sofrer demais Foi preciso você chegar... Bateria: Samuel Fraga. Teclados: Bruno Cardozo. Voz, baixo, guitarra, violão, programação de percussão, ‘loops’ e ‘claps’: Wilson Sideral.

nothing at of , which is


3. Pra Qdo Vc Se Lembrar de Mim

Pra Qdo Vc Se Lembrar de Mim

PRA QDO VC SE LEMBRAR DE MIM (Letra e Música: Wilson Sideral) Quando você se lembrar de mim Saiba que tudo vai ficar bem Segura firme, lembra de mim Quando você se lembrar de mim Dê o sorriso maior que houver E lembra que tudo valeu a pena sentir Mesmo distante, te amo Lembro dos planos de sermos um E não há razão pra sofrer Se você ainda está aqui Quando você precisar de mim Lembra que eu estou bem aqui Perto do sol Pra quando você se lembrar de mim Quando você precisar de mim Saiba que eu vou estar bem aqui No nosso lugar Pra quando você se lembrar de mim... Quando você se lembrar de mim Numa canção qualquer que ouvir Saiba que toda canção Vale a pena E quando o sol tocar seus cabelos Nas fases da lua Nas frases de amor E até quando o frio pedir cobertor… Quando você se cansar de correr Eu vou estar bem aqui no começo Quando você não souber aonde ir Pode voltar pra mim Quando você precisar de mim Lembra que eu estou bem aqui Perto do sol Pra quando você se lembrar de mim Quando você precisar de mim Saiba que eu vou estar bem aqui No nosso lugar Pra quando você se lembrar de mim E se você se esquecer de quem é É só você perguntar para mim Sei cada detalhe de quem é você, você… Bateria: Samuel Fraga. Arranjo de metais e saxofone: Ed Côrtes. Trombone: Sidnei Borgani. Trompete: Nahor Gomes. Voz, baixo, guitarra, programação de percussão e ‘claps’: Wilson Sideral.

nothing at of , which is


4. Vem Andar Comigo

Vem Andar Comigo

"Lançado Ao Mar" (2004), é o terceiro álbum da carreira do cantor, compositor, instrumentista e produtor musical brasileiro, Wilson Sideral. Produzido por Sideral e Renato Cipriano, este álbum traz treze faixas gravadas nos estúdios Jota Quest (Pampulha), Hip Bop e "Casa do Fabinho" em Belo Horizonte-MG-Brasil. Mixado por Renato Cipriano e Wilson Sideral no estúdio Ferretti (Skank), e masterizado por Ricardo Garcia no Magic Master (Rio De Janeiro), "Lançado Ao Mar" é o primeiro lançamento do selo independente SIDERAL EXPERIENCE de Wilson Sideral. O álbum conta com a participação especial de Rogério Flausino (Jota Quest) na faixa "Maria", e o primeiro single do disco foi "Lançado Ao Mar", parceria de Sideral com o poeta carioca Mauro Sta. Cecília. Destaque para a parceria com o poeta Paulo Coelho na faixa "O Amor Só Descansa Quando Morre".

nothing at of , which is


5. Eu Vou Acelerar

Eu Vou Acelerar

EU VOU ACELERAR (Letra e Música: Wilson Sideral) Como eu quis você por perto Mais uma vez, seu cheiro de perto Corpo quente, pouca roupa Você bem perto, o clima é bom Como eu quis ouvir aquela Aquela do Roberto, o ‘Rei’ Como eu quis matar saudade Do seu jeito de chegar perto Quando você entrou na pista Eu fiquei louco, quis fazer o meu melhor E quando você chegou no clima Eu quis você, quis você, amor Então, agora aperte o cinto Que eu vou acelerar Eu vou acelerar, meu bem Quem mandou você fugir? Eu vou acelerar Eu vou acelerar, meu bem! Ah! Como eu gosto de você O seu jeito, o sexo, seu ‘groove’ Como eu quis sentir de novo Você por perto, o clima é bom... (Pode crer!) Como eu quis ouvir a nossa Aquela do Roberto e Erasmo Como eu quis matar saudade Do seu jeito de entrar na pista E, quando você finalmente voltou Eu fiquei louco, fiz o meu melhor de novo Porque, com você eu tô no clima Com você, eu vou… (Vou mais longe!) Com você, eu vou... Então, agora se segura Que eu vou acelerar Eu vou acelerar, meu bem Quem mandou você sumir? Eu vou acelerar Eu vou acelerar, meu bem Então, agora aperte o cinto Que eu vou acelerar Eu vou acelerar, meu bem Quem mandou você fugir de mim? Eu quero acelerar Eu quero acelerar, meu bem… Bateria: Samuel Fraga. Teclados: Bruno Cardozo. Arranjo de metais e saxofone: Ed Côrtes. Trombone: Sidnei Borgani. Trompete: Nahor Gomes. Voz, baixo, guitarra, violão, programação de percussão e ‘claps’: Wilson Sideral.

nothing at of , which is


6. A Promessa

A Promessa

A PROMESSA (Letra e Música: Wilson Sideral / Dacha) Eu sei aonde vou chegar E isso me basta Tenho pressa Mas me acalmo, na promessa Não sei quando ela virá Arrumo a casa Me visto cuidadosamente Vou precisar Sonhos feitos de foco Têm tudo pra vingar Quando se está no pódio Muitas pedras vão te atirar Esteja pronto Desarmado A certeza é inimiga da surpresa Saiba improvisar Não tenha medo Vai sentir muito dele ainda Não perca tempo Não desperdice amor Não tenha medo Vai sentir muito dele ainda Não perca tempo (com a sua pressa) Não desperdice amor... Bateria: Samuel Fraga. Piano: Beto Paciello. Voz, baixo, guitarra, violão, programação de percussão e cordas: Wilson Sideral.

nothing at of , which is


7. Canções de Computador

Canções de Computador

CANÇÕES DE COMPUTADOR (Letra e Música: Wilson Sideral) Um momento a mais de solidão E só você sabe a senha Pra entender seu coração Escondido assim atrás dessa tela Finge que não vê que eu continuo A desfilar pela casa Toda nua, nessa espera, passam horas E até o tempo perde a noção Eu quase perco a cabeça Com os seus ‘e-mails’, com os seus ‘posts’ Com as suas dores E até o cigarro, sem seu beijo, Apenas queima no chão... Quero mais você, quero mais de você Eu quero mais tempo Quero qualidade de tempo Quero mais você, quero mais de você Muito mais do que essas canções de computador... Não tenho ‘blog’, nem ‘fotolog’, não estou ‘log’ Quero você de frente, você do lado Não o seu perfil Quero palavras, quero bobagens Quero o seu toque O seu transtorno obsessivo E compulsivo por mim Quero mais você, quero mais de você Eu quero mais tempo Quero qualidade de tempo Quero mais você, quero mais de você Muito mais do que essas canções de computador... Agora desliga, agora ‘desloga’ Agora desliza e descansa Vem pros meus abraços, vem pros meus braços Vem pra nossa cama! Baby, agora vem; baby, agora vai Me faz sentir essa aliança Me conta umas verdades Me dá quinze minutos de fama, quinze minutos na cama... Bateria: Samuel Fraga. Teclados: Bruno Cardozo. Vocais: Graça Cunha e Jamilly Silva. Voz, baixo, guitarra, violão, programação de percussão e ‘efeitos’: Wilson Sideral.

nothing at of , which is


8. 3 Minutos e Meio

3 Minutos e Meio

3 MINUTOS E MEIO (Letra e Música: Wilson Sideral) Tenho pouco tempo Pra dizer o que eu sinto Afinal, é só Uma canção de amor Então, se me permite Vou ser bem claro Por aqui… Antes que me chegue o refrão Preciso dizer o que eu penso Achar as palavras exatas Que me definam Afinal, falar demais É puro desespero... Quando eu começar A disparar minhas palavras Vai explodir amor Pra todo lado Quando eu começar A explodir de amor Vão faltar palavras Palavras... Tenho todo o tempo Pra ser feliz Nem um segundo Pra duvidar Afinal, é só uma canção De 3 minutos e meio... E, mesmo que estivesse Falando da vida Quem está disposto A esperar tanto? Então, se me permite Eu vou direto! Quando eu começar A disparar minhas palavras Vai explodir amor Pra todo lado Quando eu começar A explodir de amor Vão faltar palavras Palavras... Bateria: Tuto Ferraz. Teclados: Bruno Cardozo. Voz, baixo, guitarra, violão, programação de percussão e efeitos: Wilson Sideral.

nothing at of , which is


9. Zé do Fusca (Demo Pré Álbum "1") [1999]

Zé do Fusca (Demo Pré Álbum

Encontrei essa versão incrível de "Zé do Fusca", herdeira legítima da 1ª demo de 97 "Um Caipira na Era Espaciar" e que, lamentavelmente, acabou não sendo gravada pra valer no "1". A canção só foi gravada "oficialmente" em 2001 (numa versão equivocada diga-se de passagem, rsrs!), no álbum "Na Paz". A gravação foi feita em BH no saudoso Studio 108 (hoje Ultra Estúdio), com a participação dos grandes amigos Allison Vaz (bateria), Alexandre Mourão "Boi" (baixo), Ruben di Souza (teclados), Fabinho Godoy (guitarra) e Orlando Caribe (percussão). Curiosidades: o "coro" é tudo eu sozinho, fazendo voz de mulher e tudo mais... Kkkkkk!!! Gosto muito e pretendo voltar a tocar esta nos shows logo, logo!!!

nothing at of , which is


10. 24 Horas (feat. Galldino) [Versão Rádio - MP3]

24 Horas (feat. Galldino) [Versão Rádio - MP3]

"24 Horas" é o 1º 'single' do novo álbum "Canções de Computador". A composição é de Wilson Sideral e a faixa conta com a participação especial de Galldino no violino. Esta versão da música é especialmente para os amigos radialistas que sempre tocam Sideral em suas estações! E também está liberada para todos os amigos que curtem nosso trabalho e nos ajudam a compartilhar nossas canções e idéias! Desde já, muito obrigado pelo apoio! Download liberado no formato MP3 256kbps. Um grande abraço, amigos! #TocaSideral \o/

nothing at of , which is


11. You (Part. Rappin Hood)

You (Part. Rappin Hood)

YOU (Letra e Música: Wilson Sideral / Tomate / Rappin Hood) You, you, you You, you, you Amor pra toda vida! You, you You, you, you Amor pra vida… Gosto quando você vem Mostra todo seu carinho Mas não sabe o que falar Gosto quando você chega Com esse jeito de criança Teu corpo quer me contar... Ah, ah, ah Ah, ah, ah, ah, me devora... Ah, ah, ah, Ah, ah, ah, ah, yeah, amor pra vida… You, you, you, You, you, you Amor pra toda vida! You, you, you You, baby Amor pra vida... (Ah!) Por toda vida eu quero te amar Contigo, lado a lado, pra sempre eu quero estar Eu sei, passamos por um vendaval Sobreviventes somos, pra poder rir no final Chegou a hora da nossa alegria E nosso dia a dia, paz e harmonia, és Minha rainha sem problema nenhum Estou aqui pra dizer, menina, ‘i love you’ Ah, ah, ah Ah, ah, ah, ah, yeah, me devora... Ah, ah Ah, ah, ah, ah, é, amor pra vida… You, you, you, You, you, you Amor pra toda vida! (Toda Vida!) Ah, you, you, baby You, you, you Amor pra vida... É preciso verdade Pra se sentir completo Eu preciso de amor Pra saber ser sincero E eu vou caminhando Sem ter medo de nada Se você vem comigo Vem sem hora marcada… Amor, não esquece que eu tô por aqui Paixão, o que eu senti, primeira vez que te vi Bateu muito mais forte o peito, naquela hora Pensei, essa princesa vai ser minha senhora Ouvi sua voz macia ‘tipo’ a chamar Troquei tudo que tinha por seu lindo olhar Pintei seu nome e o meu dentro de um coração Por toda a vida te amar, essa é a minha oração! (Aí…) Bateria: Samuel Fraga. Teclados: Bruno Cardozo. Vocais: Graça Cunha e Jamilly Silva. Participação especial: Rappin Hood. Voz, baixo, guitarra, programação de percussão e 'claps': Wilson Sideral.

nothing at of , which is


12. Maria

Maria

"Lançado Ao Mar" (2004), é o terceiro álbum da carreira do cantor, compositor, instrumentista e produtor musical brasileiro, Wilson Sideral. Produzido por Sideral e Renato Cipriano, este álbum traz treze faixas gravadas nos estúdios Jota Quest (Pampulha), Hip Bop e "Casa do Fabinho" em Belo Horizonte-MG-Brasil. Mixado por Renato Cipriano e Wilson Sideral no estúdio Ferretti (Skank), e masterizado por Ricardo Garcia no Magic Master (Rio De Janeiro), "Lançado Ao Mar" é o primeiro lançamento do selo independente SIDERAL EXPERIENCE de Wilson Sideral. O álbum conta com a participação especial de Rogério Flausino (Jota Quest) na faixa "Maria", e o primeiro single do disco foi "Lançado Ao Mar", parceria de Sideral com o poeta carioca Mauro Sta. Cecília. Destaque para a parceria com o poeta Paulo Coelho na faixa "O Amor Só Descansa Quando Morre".

nothing at of , which is


13. 07 Pra Perto De Mim

07 Pra Perto De Mim

"Um Caipira Na Era Espaciar" Minha primeira "Fita Demo", gravada nos estúdios Fernando Batata e Áudio Digital, entre Junho e Dezembro de 1997 em Belo Horizonte-MG. Produzido por Wilson Sideral e Fernando Batata. Wilson Sideral: Voz, Vocais, Violões, Guitarras, Programações de Baixo e Percussão. Fernando Batata: Teclados, Loops, Programações de Bateria e "Efeitos Siderais". Flávio Landau: Percussão na faixa "Por Que Você Não Vem?" Todas as músicas são de autoria de Wilson Sideral, exceto, Fácil (Rogério Flausino/Wilson Sideral) Xoxoteatômico (Omeriah/Orlando Caribe/Wilson Sideral) Zé Do Fusca (Omeriah/Wilson Sideral) Bem Que Se Quis (Pino Daniele/Versão: Nelson Motta). Dei uma "remasterizada" pra compartilhar com vocês um pouco do começo de tudo... É tudo muito simples, gravado de forma amadora, num antigo cakewalk... rsrs!! Espero que divirtam-se, poucos ouvirão esta "demo"!!! Abraços, Sideral.

nothing at of , which is


14. 2 Loucos

2 Loucos

2 LOUCOS (Letra e Música: Wilson Sideral) Não me pergunte nada Apenas vem comigo E a gente, na estrada Descobre o destino O melhor lugar do mundo É aqui, é a gente junto E não importa o assunto A gente ‘fala muito’ E tudo fica bem assim (aqui) Sem relógio, nem bússola Tempo pra dizer sim Prontos pra ir à lua... A gente tem razão Pra sorrir de tudo Como dois loucos Nos dar a permissão De esquecer do mundo A gente tem razão Pra sorrir pro mundo Como dois loucos Nos dar a permissão De esquecer de tudo E só lembrar depois... Bateria: Samuel Fraga. Arranjo de metais e saxofone: Ed Côrtes. Trombone: Sidnei Borgani. Trompete: Nahor Gomes. Voz, baixo, guitarra, programação de percussão e ‘claps’: Wilson Sideral.

nothing at of , which is


15. A Alma Necessária

A Alma Necessária

A ALMA NECESSÁRIA (Letra e Música: Wilson Sideral) Sentada no topo do seu castelo invisível Está pronta pra viver seu grande sonho Ela está ali, sorrindo em frente ao espelho Contando os segundos pro amor chegar Não passa de uma menina Em seu mundo de bonecas Maquiagens e vestidos Ela pensa haver sentido no que espera E espera ser feliz no fim do livro, mas Finais felizes se desgastam com o tempo... Ela tem a alma necessária Pra viver apenas de amor Ela tem o amor necessário Pra viver apenas do que tem na alma!! E mesmo assim, do seu sonho não desiste Ela acredita cegamente no destino Prepara cada detalhe Dedica horas ao seu corpo Nua, linda, em pele clara como a luz da lua E ela faz anotações em seu diário Escondidas confissões em loucos códigos Toma uma dose, uma porção de um vinho mágico E escuta uma canção que está na rádio... Ela tem a alma necessária Pra viver apenas de amor Ela tem o amor necessário Pra viver apenas do que tem na alma... E ela faz anotações em seu caderno Maluquinhas confusões em novos códigos Mais uma dose, uma porção de um vinho raro E ela canta uma canção que ouviu no rádio... Ela tem a alma necessária Pra viver apenas de amor Ela tem o amor necessário Pra viver apenas do que tem na alma... Bateria: Tuto Ferraz. Vocais: Graça Cunha e Jamilly Silva. Solo de guitarra: Marcelinho Guerra. Voz, baixo, violão, guitarra, programação de percussão e ‘claps’: Wilson Sideral.

nothing at of , which is


16. Nós Temos o Mundo (Demo Caseira - Inédita) [2007]

Nós Temos o Mundo (Demo Caseira - Inédita) [2007]

Canção inédita, composta por mim na Pré do álbum "Dias Claros", da mesma "safra" de canções como "Por Inteiro", "E Agora?", entre outras cheias do 'groove'!! Infelizmente, não foi pro álbum. Coisas de repertório... Programações de batera, baixo, "barulhinhos", voz e violão feitos por mim sozinho. Adoro este som e acho que merece uma chance "oficial", o que acham? "Eles tem medo Nós temos o mundo Eles fazem guerra E a gente faz amor Eles tem medo Nós temos o mundo Eles querem guerra E a gente quer ficar junto!" Abraços, Sideral. :)

nothing at of , which is


17. Esse Choro

Esse Choro

ESSE CHORO (Letra e Música: Wilson Sideral) Já me sabotei tantas vezes Fui meu maior inimigo Eu cansei de perder o sono Só pra ficar sem dormir Eu dei tantos tiros em mim mesmo Que até pareço uma peneira E hoje me esforço pra juntar Algum sentimento qualquer Dou voz ao meu sofrimento Eu não canto, choro (Eu não vivo, eu grito!) Com meus dedos sangrando E a garganta doendo… Sou assim Misto de vilão e mocinho E por mim Tenho um amor bandido Já me 'deletei' totalmente Numa pia, num vaso ou num lixo Estão perdidos pra sempre Os meus melhores momentos Peço socorro em silêncio Num longo 'bend', num longo ‘soul’ Não é que sou solo, 'man' Eu fiquei sem banda mesmo Sou assim Misto de vilão e mocinho E por mim Tenho um amor bandido Sou assim Misto de vilão e mocinho Por mim Tenho um amor bandido E esse choro é o alimento Pra minha alma de artista Vou sabotar minha alegria Outra vez 'vender' lamento… Bateria: Tuto Ferraz. Teclados: Bruno Cardozo. Voz, baixo, guitarra, violão e programação de ‘loops’: Wilson Sideral.

nothing at of , which is


18. Uma Balada Nova (Part. Max de Castro)

Uma Balada Nova (Part. Max de Castro)

UMA BALADA NOVA (Letra e Música: Wilson Sideral) Baby, eu sinto a tua falta No fundo, não é melhor assim Baby, eu sei dos meus pecados Errados... do tempo que eu levei... No fundo do poço Eu me encontrei Eu juro Estou puro... Por que você não Não volta pra mim? (Me dá a tua mão!) Baby, por que não? Tentar de novo, talvez... Baby, eu não estou seguro Mas eu fiz uma balada nova E de todas que eu já fiz pra você Esta é a melhor... Eu juro, estou puro E eu te quero bem Eu juro Estou seguro... Por que você não Não volta para mim? (Me dá a tua mão!) Baby, por que não? Tentar de novo, talvez Tentar de novo, talvez... Eu sei que eu te magoei Eu sei o quanto eu errei Mas sei também Que quando um homem erra feio E se arrepende, isso dói pra valer Estive tão longe daqui Estive tão longe de todos Que eu amo E eu estou pedindo o teu perdão Estou pedindo pra você Por que não, não, não, não... Bateria: Tuto Ferraz. Teclados: Bruno Cardozo. Arranjo de metais e saxofone: Ed Côrtes. Trombone: Sidnei Borgani. Trompete: Nahor Gomes. Participação especial de Max De Castro. Voz, baixo, guitarra, programação de percussão e ‘claps’: Wilson Sideral.

nothing at of , which is


19. O Que Vc Quer?

O Que Vc Quer?

O QUE VC QUER? (Letra e Música: Wilson Sideral) O que você quer? Casa, comida, roupa lavada? Amor, (com) paixão, diversão Você quer? Ficar acordado ‘curtindo’ a insônia Ou dormir com a consciência tranquila? Me diga, o que você quer? O que você quer? Paz e amor, rock n' roll, você quer? Ou quer sexo, drogas e rock n' roll? Dinheiro, 'mamata' ou hipocrisia? O que você quer cabe numa vasilha? Me diga, o que você quer? O que você quer É o que você é Cuidado pra não ser Quem não quer! O que você é É o que você quer Cuidado pra não ser Quem você não é... Poesia, vanguarda ou monotonia? Palhaçada, folia, quer democracia? Me diga, o que você quer? Trabalho, herança ou bolsa família? Sucesso, sossego, quer ir pra Bahia? Conceito, respeito, quer mostrar seu dedo? Afinal de contas, o que você quer? O que você quer É o que você é Cuidado pra não ser Quem não quer! O que você é É o que você quer Cuidado pra não ser Quem você não é! Bateria: Samuel Fraga. Teclados: Bruno Cardozo. Voz, baixo, guitarra, violão, programação de percussão e 'claps': Wilson Sideral.

nothing at of , which is


20. Ela Sempre Sabe

Ela Sempre Sabe

ELA SEMPRE SABE (Letra e Música: Wilson Sideral) Eu não sei pra onde eu vou E também, pra que saber? Eu não sei onde estou Só sei que é com você! Eu cansei de procurar E só então eu encontrei Já cansei de me encontrar Me perco em você Da janela do carro, eu vejo Um mundo estressado e perdido Vamos entrar pra esse quarto, baby Na gente se perder... Eu vou, pra onde eu não sei Mas ela sempre sabe! Eu estou, não sei bem o quê Mas ela sempre sabe! Eu não vou aonde estou Eu não estou onde eu vou E quer saber pra onde eu vou? Eu deixo com você! Vou tentar me concentrar No que eu não tenho pra falar E vão falar que eu não tenho Tentado concentrar... Eu não quero saber de nada Porque nada é melhor que você Eu não estou nem aí E também, também não estou aqui... Eu vou, pra onde eu não sei Mas ela sempre sabe! Eu estou, não sei bem o quê Mas ela sempre sabe... Porque eu não estou onde eu vou Eu não vou pra onde estou Se você não entendeu Bem, imagine eu! Da janela do quarto, eu vejo Um mundo estressado e perdido Vamos entrar nesse carro hoje Só sair mês que vem... Bateria: Samuel Fraga. Vocais: Graça Cunha e Jamilly Silva. Voz, baixo, guitarra, programação de percussão e ‘claps’: Wilson Sideral.

nothing at of , which is